Share Button

Cate Blanchett, atriz super talentosa que já viveu grandes personagens no cinema, sendo a mais famosa pela nerdaiada a Galadriel das franquias “O Senhor dos Aneis” e “O Hobbit”, agora é a mais nova cara do Universo Cinematográfico Marvel, que chega para reforçar o time dos vilões na Casa das Ideias (reclamação de muita gente) como a vilã Hela no terceiro filme do Thor.

Mas quem diabos é Hela? Se você não acompanha as histórias do Deus do Trovão nos quadrinhos ou não sabe muita coisa da mitologia nórdica, na qual a personagem é inspirada, então essa deve ser a pergunta que você está se fazendo nesse momento.

E para respondê-la, Gamehall fez uma apresentação dessa personagem para que todos possam conhece-la melhor, antes da estreia de “Thor: Ragnarok“, marcada para 3 de novembro de 2017. Boralá?

Origens

Na mitologia nórdica, Hela é a deusa do Reino dos Mortos e filha de Loki, o deus da trapaça, elementos esses que foram reaproveitados nos quadrinhos. Ela foi criada por Stan Lee e Jack Kirby em 1964 e apareceu pela primeira vez na revista “Journey into Mystery” #102, que apresentava história fantásticas e de terror – Thor fez sua estreia nessa revista em 1962.

Desde sua estreia nas HQs, Hela já apresentava um visual muito parecido a esse que foi apresentado no trailer de “Thor: Raganarok”, com vestimentas verdes e o estranho acessório que usa na cabeça – e que pode ser usado como arma.

primeira aparição de Hela nos quadrinhos

Ela é senhora de Niffleheim, um dos 9 mundos da mitologia nórdica (Terra e Asgard são outros dois) e reino dos mortos desonrados, onde habita a grande serpente Nidhogg que se alimenta de cadáveres; e do reino de Hel, região dentro de Niffleheim considerado o inferno asgardiano.

Hela muitas vezes tentou expandir seu poder sobre os mortos que habitam no Valhalla – o paraíso dos deuses nórdicos, onde as almas dos heróis e pessoas puras são enviadas.

Essas tentativas, por várias vezes, a colocaram em conflito direto com Odin e Thor. Nos quadrinhos ela também é apresentada como filha de Loki, e ambos possuem uma relação conturbada, por vezes sendo aliados nas maquinações ardilosas e em outras rivais com desejos egoístas.

As bruxas asgardianas conhecidas como Nornes chegaram a alertar o reino de Asgard que Hela teria um papel primordial no desencadeamento do Ragnarok – a batalha que levará ao fim do mundo e dos deuses e que certamente será adaptada no filme.

Poderes

Sendo Hela uma divindade asgardiana, ela possui grandes poderes como força sobre-humana, velocidade, resistência, agilidade e durabilidade. Além disso, conta com vastos poderes místicos que pode usar para vários efeitos, como a projeção astral, disparos de energia, levitação e criação de ilusões. Sua habilidade mais poderosa é a Mão Gloriosa, técnica que usa a energia mística para aumentar a força de seu soco tornando-o capaz de destruir adamantium – ou mesmo o martelo de Thor, como vimos no trailer!

Como uma Deusa da Morte, Hela tem um pacto com a Morte, permitindo-lhe tomar a alma de qualquer adorador de asgardianos e levá-la para Helheim ou Niffleheim, bem como poder para viajar quase a qualquer lugar dentro dos Nove Mundos em um instante. Embora seu toque seja fatal para mortais e ela seja capaz de roubar-lhe as almas, ela geralmente não reclama as almas dos heróis mortais, deixando essa tarefa para as Valquírias, que levam-nas para Valhalla.

não é a Lady Gaga, é Cate Blanchett com o visual tradicional de Hela

Hela sempre usa sua capa mágica que aumenta sua força e mantém a sua aparência jovem e saudável, mas sem o adorno sua forma é revertida ao que realmente é: metade do seu corpo é saudável, enquanto o lado esquerdo é ressequido. Sem o manto Hela é muito fraca, mal consegue se mover e não é capaz de levitar ou usar seus dons místicos, mas é necessário dizer que Hela não precisa vestir o manto, basta tocá-lo para devolver-lhe o vigor.

Hela muitas vezes empunha sua “Nightsword” (vista no trailer) e é uma excelente espadachim.

sensualizando

Atualmente

Após vários anos como rainha de Hel, recentemente nos quadrinhos ela perdeu o posto para a irmã perdida de Thor e Loki, Angela (personagem que era da Image Comics/Spawn e agora pertence à Marvel desde 2013).

Angela vai até Hel pedir para Hela ressuscitar Sera, o amor da sua vida (e primeira heroína transgênera da Marvel), mas tem o seu pedido negado. Furiosa, Angela inicia uma batalha para conquistar e se tornar a nova Rainha de Hel, o que acaba conseguindo. Ela então restaura a vida de Sera, mas abdica do trono do inferno (deixando Balder, irmão de Thor, em seu lugar como regente) e volta para a Terra com a sua amante.

Hela é deposta do reino do inferno por Angela

Enfraquecida, Hela aliá-se com o poderoso vilão cósmico Thanos para retomar o seu reino, um favor que ela tem que pagar entregando para ele o Martelo de Thor de outra dimensão – coisa que ela não conseguiu, mas acaba fazendo uma nova promessa de ajudá-lo a conquistar o que ele mais deseja: a Morte.

Muito se especula sobre o filme “Vingadores: Guerra Infinita“, que atualmente está sendo filmado e que irá reunir os vários super-heróis do Universo Cinematográfico Marvel, colocando-os contra o vilão Thanos. Boatos dizem que a Morte, alvo do amor e obsessão do vilão nos quadrinhos, será na verdade a Hela de Cate Blanchett, o que na minha opinião, seria uma ótima adaptação e uma forma de reaproveitar essa grande vilã/atriz.

Vamos aguardar por novas informações e ver se isso se confirma, ou se teremos uma nova Morte realmente – rumores dizem que a atriz Eva Green estaria negociando um contrato para a personagem.