Share Button

Hajime Tabata, diretor de Final Fantasy XV, conversou com a revista Famitsu sobre o adiamento recente que o game recebeu, explicando com mais detalhes algumas das razões que levaram a isso.

“Para começar, a otimização [ainda] não é suficiente. Existem também vários bugs assim como lugares nos quais a taxa de quadros cai,” disse Tabata (via Kotaku). “Ainda existem bugs como personagens flutuando anormalmente no ar ou aparecendo de maneira estranha [e bugada].”

“Iremos consertar os problemas,” garantiu Tabata. “Outra coisa que eu também queria era refinar o balanceamento do jogo.”

De acordo com Tabata, Final Fantasy XV havia sido adiado em primeiro lugar por causa dos jogadores que não tem conexão com a internet, para que todas as mudanças que o jogo ainda precisa estejam contidas dentro do disco, sem que haja necessidade de baixar uma atualização no lançamento.

Tabata também comentou no final de semana, durante uma transmissão da Square Enix sobre o game, que ele roda com resolução dinâmica tanto no PS4 quanto no Xbox One. No console da Sony, o jogo alterna entre 900P e 1080P, estando muito perto dos 30fps constantes. No console da Microsoft, as resoluções se alternam entre 765P e 900P, e também está perto de rodar a 30fps o tempo todo.

Foi revelado também um vídeo com meia hora do jogo rodando em japonês:

Final Fantasy XV chega no dia 29 de novembro, se não houver um novo adiamento.